novembro 29
Empresas disruptivas andam rápido

É ilusão acreditar que o seu mercado de atuação não será transformado. Todos os negócios estão sendo repensados e um modelo vencedor pressupõe que as empresas tenham em mente a necessidade da rápida adaptabilidade aos novos e urgentes anseios dos consumidores.

As tecnologias digitais já não são mais apenas serviços de suporte para os negócios – se tornaram fundamentais na inovação, crescimento, competitividade e aumento de receita.

2017_11_29_14_23_47_Processor_News.png

 

O jogo está só começando e as organizações que vão liderar os processos de disrupção no mundo são, justamente, as que conseguirem agir rápido. Um cenário como esse é inquietante e causa receio. São tantas as tecnologias consideradas propulsoras e essenciais desse movimento, como Cloud, Mobile, Big Data, Internet das Coisas, Inteligência Artificial, que fica difícil saber por onde começar.

Por isso, fazer a curadoria de tantas tecnologias e ajudar as empresas a caminharem passo a passo nessa transformação é o propósito da Processor. “Essa é uma onda que o mundo está surfando, mas o grande mérito da Processor é ter uma abordagem pé no chão e ofertar uma série de entregáveis que ajudam os clientes a fazerem esse movimento com calma”, explica o diretor da área de Transformação Digital da Processor, Raffaele Veschi.

Análise situacional

A análise situacional é uma das etapas mais importantes deste trabalho de apoio à transformação que a Processor vem realizando com clientes como Paquetá Calçados, Libbs e Lojas Colombo, apenas para citar alguns.

É o ponto zero, onde o time da empresa faz o diagnóstico da realidade do cliente, conhece a sua estratégia e, a partir disso, passa a entender o que fará sentido para ele. “Com base nisso, fazemos um roadmap e passamos a entregar uma série de soluções aderentes e que possam apoiar o cliente nesta transformação, como marketing digital, inteligência de mercado e relacionamento e gestão digital”, explica Veschi.

Renato Cohen, pré-vendas da Processor, concorda que esse ponto de partida é um dos grandes diferenciais da oferta da Processor. “Todos falam em transformação digital, mas essa abordagem inicial da análise situacional é relevante e nos permite direcionar o que o cliente está precisando e, desta forma, percorrer essa caminhada com inteligência”, relata.

Leque de opções

Pense em um leque de opções que as e mpresas podem acessar de acordo com a etapa de transformação que irão trilhar. Pois é isso que a Processor oferece aos seus clientes que estão fazendo a jornada de evolução dos seus negócios.

Depois de entender o que faz sentido para o cliente e o que será mais aderente, a Processor entra com o seu portfólio robusto de soluções. Neste caso, Cohen faz questão de explicar que transformação não se trata apenas de tecnologia. Muitas vezes, é preciso percorrer etapas anteriores.

Muitas empresas ainda nem estão se comunicando direito com os seus públicos e não sabem como explorar esse caminho. “Não é só evoluir para um modelo digital, mas cuidar com mais atenção dos processos internos e relacionamentos”, pontua.

A Processor possui tecnologias que estimulam a transformação, como Cloud, Big Data, Mobilidade, mas com toda uma infraestrutura por trás, suportando cada ação. Isso inclui a capacidade de cruzar dados da empresa com insights do mercado para gerar inteligência competitiva, lançar mão de Inteligência Artificial para gerar ganhos com a automatização de processos e melhorar a qualidade do atendimento e a gestão dos seus sistemas internos. “A nossa abordagem não é a tecnologia em si, mas os processos que vamos desenvolver para apoiar a transformação dos negócios dos nossos clientes”, acrescenta Veschi.

Conheça alguns cases de clientes que estão nesta jornada de Transformação com a Processor! Paquetá CalçadosLibbs e Lojas Colombo 


Comentários

Não há nenhum comentário para esta postagem.

Adicionar Comentários

Título


Corpo *


Nome


Captcha *


Quanto é 5 X 5 ?

Anexos