​​
 
​​

PAQUETÁ REDESENHA PROCESSOS E CELEBRA RESULTADOS
Cases

Otimização do tempo de espera e o número de chamados atendidos na primeira ligação pelo Service Desk, maior previsibilidade na gestão dos problemas, redução dos custos com a migração para a nuvem e incremento da produtividade dos usuários.
 
Esses são alguns dos resultados de uma transformação que foi feita na TI da Paquetá Calçados nos últimos meses, tendo a parceria da Processor, e que já se refletem em ganhos consideráveis para a complexa operação.

Na verade, a empresa vivenciou uma reestruturação profunda da sua estrutura administrativa em 2016, que envolveu a TI. A área ganhou novas diretrizes, reviu contratos com os fornecedores e concentrou alguns projetos nas mãos dos parceiros escolhidos. 

 
O Gerente Corporativo de TI da empresa, Gervásio Luis Scheibel, diz que a empresa escolheu fornecedores que julgou estarem aderentes ao novo modelo de gestão e necessidades da Paquetá, e a Processor, com os serviços de Service Desk, Monitoramento, LiveCloud, Projetos, Software e Gestão do Backup, foi um deles. “Após os serviços estarem estabilizados, o que ocorreu em tempo recorde e sem nenhum impacto para as áreas de negócios e colaboradores da Paquetá, partimos para as melhorias e aproveitamento de expertise e experiência da Processor”, relata.

Os projetos de modernização passaram então a serem organizados  um por um.  O atendimento do Service Desk passou por otimizações. A Paquetá entende que essa área é a porta de entrada e apresentação da TI para o público. Por isso, era preciso promover melhorias. “Os indicadores desempenho do primeiro trimestre já mostraram uma grande evolução e todas as metas estabelecidas foram alcançadas com folga”, conta Scheibel. Ele cita a otimização do tempo de espera e o número de chamados atendidos na primeira ligação como um grande avanço.

Em paralelo foram sendo acrescentados dispositivos e serviços monitorados, aumentando o grau de confiabilidade e segurança em razão da previsibilidade dos problemas e rapidez na resolução dos problemas detectados.

A Processor assumiu o backup e ajudou a redefinir um conjunto de políticas especificas. “Passamos a ter um controle bem mais efetivo e muito mais seguro. Dobramos o número de dados backupeados e diminuímos muito o tempo de atendimento de restores solicitados pelos usuários”, explica o Gerente de TI.

Segundo ele, inicialmente a Processor utilizou uma ferramenta licenciada pela Paquetá, mas a partir do vencimento do suporte, ficou definida a migração para o LiveCloud da Processor. “A nossa expectativa é uma redução de custos em mais de 50%, além do fato de utilizarmos a nuvem para armazenamento, aumentando a facilidade de gerenciamento e confiabilidade na solução”, conta.

A Paquetá aproveitou a renovação do seu parque de máquinas, que estava sendo feito, e realizamos a migração para o LiveCloud SaaS com plataforma Office 365, o que segundo ele, diminuiu sensivelmente os custos com software e espaço de File Server. “A migração para a nuvem melhorou a capacidade de compartilhamento dos arquivos e a administração do ambiente”, acrescenta.

A Processor está também criando um novo portal, que deve entrar em produção na sequência, completando esta etapa de grandes melhorias em nossa realidade, redução de custos e aumento de qualidade dos serviços oferecidos. Este sucesso permite com que possamos planejar uma segunda etapa de avanços e inovações para o negócio entre Paquetá e Processor, gerando valor para nossos clientes e acionistas.

Conheça nossas soluções de BPO!​