​​
 

Grupo Ouro e Prata escolhe EMS para gerenciar dispositivos móveis 
Cases

Inventariar, gerenciar e controlar os dispositivos móveis usados no dia a dia da operação se tornou mais fácil e intuitivo para o Grupo Ouro e Prata depois que a empresa decidiu implementar o Microsoft EMS (Enterprise Mobility Suite), em uma parceria com a Processor. “Procuramos essa solução para garantir uma melhor gestão dos smartphones e tablets corporativos e das informações que trafegam neles”, explica o gerente de Tecnologia da Informação da empresa, Cesar Perrenoud.
Com o seu ambiente mobile gerenciado,  o Grupo Ouro e Prata consegue agora monitorar as aplicações que estão sendo instaladas nos dispositivos e verificar se estão de acordo com as políticas estabelecidas pela empresa. Além disso, também é possível extrair relatórios de status dos devices e aplicações. A interface para o usuário é vista de forma simples e intuitiva, facilitando na administração da ferramenta.
 
Marcelo Fornazari, consultor da Processor, comenta que outro ponto alto da implementação do EMS foi o incremento da segurança. “Antes, quando ocorria o roubo ou perda de um smartphone de propriedade  do Grupo Ouro e Prata, informações corporativas, muitas vezes sigilosas, poderiam ser acessadas por terceiros”, relata.
 
Agora, é possível fazer o gerenciamento remoto do aparelho com as duas opções mais indicadas. Uma delas é bloquear remotamente o aparelho por meio da redefinição de senha. A outra opção é fazer o Wipe remoto no dispositivo. Com isso, todos os dados do dispositivo serão apagados, mantendo a confidencialidade de qualquer informação relacionada ao ambiente empresarial.
 
A instalação do sistema pela Processor está sendo feita gradativamente em 90 dispositivos móveis usados por profissionais do grupo Ouro e Prata. Isso inclui, além dos smartphones e notebooks usados pelos gestores da empresa, os tablets adotados  na área de manutençãoe limpeza de veículos para avaliar e enviar para a central as condições dos ônibus antes do início de cada viagem. “A nossa área de manutenção realiza o ckecklist da limpeza e avaliação das condições técnicas e de segurança dos veículos e, sempre que necessário, indica a necessidade de  reparos, através  do dispositivo”, explica o gerente de Tecnologia da Informação da empresa, Cesar Perrenoud. O gestor destaca ainda a parceria  com a Processor. “O conhecimento do nosso parceiro em gestão de processos foi muito importante para o sucesso do projeto”, relata.

Prêmios

A Processor foi vencedora da categoria Enterprise Mobility (América Latina) do WPC Awards 2015 da Microsoft.
Esse foi o primeiro case de implantação de EMS no Brasil suportado pela Microsoft, em que a multinacional e o parceiro, no caso a Processor, co-custearam o projeto.

Sobre o Grupo Ouro e Prata: A Viação Ouro e Prata é uma empresa de transportes brasileira, uma das maiores do estado do Rio Grande do Sul, Brasil. Fundada em 1939 pelos irmãos Willy Eugenio Fleck e Raimundo Fleck que fundaram a Crissiumal, homenageando sua cidade natal ao batizar a empresa com o mesmo nome, e com uma frota ainda pequena: um caminhão de passageiros misto, ano 1939, e dois caminhões de carga, ano 1937, todos da marca Ford. No ano seguinte, já iniciando um processo de crescimento, eles adquiriram o primeiro ônibus fechado, pioneiro absoluto da região. A troca do nome para Viação Ouro e Prata S/A – foi em 1948. Trabalhando com linhas de ônibus que conectavam quase todas as cidades da região do Alto Uruguai a empresa alargou os horizontes de seu campo de ação, iniciando a ligação da região com a capital do estado, Porto Alegre. A empresa hoje atende mais de 200 destinos nos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Pará, no Brasil. Possui, ainda, linhas internacionais para Salto (Uruguai) e Posadas (Argentina). Sua frota hoje é composta por cerca de 200 ônibus. Saiba mais em http://www.viacaoouroeprata.com.br 
 
Clique aqui e conheça mais sobre Consultoria em TI da Processor.