​​
 

EPTC implanta DataZen e qualifica gestão das informações
Cases

Até bem pouco tempo, sempre que o setor financeiro da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) de Porto Alegre precisava consultar alguma informação relacionada às suas despesas mensais, tinha que esperar cerca de 20 dias. Esse era o tempo levado para que as rotinas de extração dos dados da planilha Excel fossem executadas. Hoje, essa informação está disponível quase em tempo real. 

Mágica? Não. A empresa apostou nos parceiros, processos e tecnologias certos e, com isso, conseguiu obter benefícios significativos para a sua operação. “É um ganho real para o gestor poder, a qualquer momento, obter os dados que precisa e cruzamentos que possibilitem uma forma tomada de decisão mais assertiva”, relata o coordenador de TI da EPTC, Félix Junqueira Flesch.

A empresa implantou a solução da Processor nas áreas Financeira e de Recursos Humanos. E foi além. Para melhorar o cubo dessa ferramenta, optou pelo Microsoft DataZen, software que possui uma apresentação gráfica diferenciada dos dados, gerando relatórios dinâmicos.

Agora, quando os diretores querem conferir determinada informação, como indicadores ou tela de serviços, acessam direto esse sistema, que permite a visualização em tempo real das informações pelas áreas, com uma visão consolidada dos dados. A agilidade na criação de relatórios e o dinamismo na visualização dos cenários, inclusive nos dispositivos móveis, é um diferencial dessa solução, comenta Flesch.

A implantação deu lugar uma mudança que trouxe muitos benefícios para os usuários de informações, reduzindo o tempo de construção de rotinas e automatizando processos, observa o consultor Enterprise da Processor, Felipe Pires da Silva. Dentro da Processor, esse projeto envolveu a área de Soluções de Negócios, profissionais de arquitetura de soluções, além do apoio dos especialistas na plataforma BI. “Trabalhamos lado a lado com a EPTC para garantir que o projeto fosse finalizado com sucesso”, complementa.
RH alcançou melhorias no controle de horas-extra

A área de Recursos Humanos da EPTC tem se beneficiado do Microsoft DataZen para o controle de inter jornada, intrajornada e de horas-extras. “Eles já conseguirem baixar as ocorrências. Como não é preciso esperar até o final do mês para ver as horas extras de cada colaborador (é em tempo real), conseguimos atacar cada situação pontualmente e evitar penalizações”, explica o relata o coordenador de TI da EPTC, Félix Junqueira Flesch. A expectativa da empresa é expandir uso do BI e do DataZen par outras áreas, que estão sendo avaliadas.

A EPTC possui um grande número de sistemas e, antes da implantação dessas ferramentas, as áreas de Recursos Humanos e Financeiro tinham dificuldades para obter informações relevantes para o seu dia-a-dia. Ao melhorar o cubo do BI, foi possível extrair esses dados de forma mais inteligente e ágil e, assim, entregar para a diretoria relatórios mais dinâmicos e completos, acrescenta o gestor. Ele destaca ainda o papel da Processor nessa jornada. 

“A nossa relação com a Processor é antiga e estratégica porque é um parceiro que sempre nos apresenta as ferramentas mais atuais e alinhadas com as nossas demandas – e dentro de uma perspectiva de custos interessante, especialmente em um momento difícil para a economia”, diz.​


DATAZEN TRAZ BENEFÍCIO DO EMPODERAMENTO DAS PESSOAS


É um software que permite que as empresas se conectem com as suas fontes de dados organizacionais – como Microsoft SQL Server, Microsoft SQL Server Analysis Services, Azure SQL Database, Microsoft SharePoint Lists e Excel Documents – e integre a conexão ao AD para garantir facilidade e segurança. Com isso, é possível construir dashboards de ricas visualizações nos relatórios analíticos e manter os dados vivos e atualizados em qualquer dispositivo.

O Datazen vem com o intuito de dar mobilidade à tomada de decisões conectando as bases de informações da empresa de modo centralizado e integrando fontes de diversas bases de dados, explica o consultor Enterprise da Processor, Felipe Pires da Silva. 

“Com dashboards intuitivos e dinâmicos, o software traz como principal benefício o empoderamento das pessoas, levando mobilidade com segurança das informações da empresa dando agilidade na consulta das informações de modo consolidado, possibilitando o maior entendimento da decisão a ser tomada”, relata.

AS ETAPAS DO PROJETO

A implantação dos cubos de BI e do Microsoft DataZen nas áreas de RH e Financeiro contou com o time de consultores da Processor e foi realizada em três etapas. 
Etapa 1 e 2: Melhoria do cubo de RH e criação do cubo Financeiro no Analysis e Integration Services. 
Etapa 3: implantação do Datazen e configuração das visões e dashboards – que foram executados pela Processor em quatro dias.

SOBRE A EPTC: A Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) teve sua criação autorizada pela Lei 8133, de 13 de janeiro de 1998, visando regular e fiscalizar as atividades relacionadas com o trânsito e os transportes do Município de Porto Alegre, atendendo a uma tendência internacional de municipalização da mobilidade urbana. No dia 03 de abril de 1998 foi devidamente constituída a empresa que passou a exercer as suas atividades a partir desta data.

Clique aqui e conheça mais a solução de Business Intelligence da Processor.